Weby shortcut

Graduação em Relações Internacionais

Em 28.09.12, foi aprovada pelo Conselho Universitário da UFG, por unanimidade, a proposta da Faculdade de Ciências Sociais de criação do curso de Relações Internacionais. 

Apresentação 

O que explica a conduta dos países no cenário atual? Qual o papel que outros atores como as Organizações Internacionais e as empresas multinacionais desempenham no contexto global e no doméstico? Como analisar as estruturas de poder e suas complexidades em um âmbito global? Quais as origens da guerra e da paz? Como compreender as desigualdades socioeconômicas entre os povos e entre os Estados? Como a inserção de um país no sistema internacional afeta seus projetos de desenvolvimento e seus problemas socioeconômicos? Qual é o ambiente político e estratégico em que vivemos, e o que há de novo nas relações internacionais nos dias de hoje?

Relações Internacionais é um curso de graduaçãomarcado pelo ecletismo disciplinare teorético que tem como preocupação central o estudo das mudanças nas relações políticas, econômicas e culturais do sistema internacional atual. Estuda-se no curso como fatores globais, regionais e domésticos influenciam as relações entre os diversos atores no cenário mundial. Os estudantes desenvolvem as habilidades fundamentais e os conhecimentos específicos necessários para analisar as escolhas e os desafios que se colocam nesta área.

Perfil do graduado

A graduação em Relações Internacionais pretende formar indivíduos polivalentes, com sólida formação e domínio dos fundamentos históricos, econômicos, políticos e jurídicos necessários à compreensão dos fenômenos internacionais e com flexibilidade intelectual para explorar uma gama muito variada de oportunidades profissionais. 

Essa concepção está em sintonia com o largo espectro de oportunidades profissionais que se abrem aos internacionalistas. Tais oportunidades incluem posições elevadas em empresas internacionais e nacionais que atuam no mercado internacional, em organizações não governamentais, em assessorias governamentais, parlamentares, empresariais, a organizações da sociedade civil e à mídia. No serviço público, em especial no serviço diplomático, a formação do internacionalista se adequada às habilidades exigidas. Também no ensino e pesquisa nas universidades e instituições de ensino superior encontra-se amplo espaço para a atuação desse profissional.

Áreas de atuação

No setor público: Carreira Diplomática (MRE); Oficial de Chancelaria (MRE); Analista de Comércio Exterior (MDIC); Oficial de Inteligência (ABIN); Consultor legislativo do Senado Federal e da Câmara dos Deputados; e Assessor da área internacional de governos federal e estadual.

No setor privado: agente de comércio exterior; agente financeiro; analista de mercado; assessor em câmaras bilaterais de comércio;assessor em entidades patronais (como, FIEG, ACIEG, etc.), e consultor de empresas.

No setor de organizações internacionais:como, Mercosul e Organização das Nações Unidas, dentre outras.

No setor acadêmico: pesquisador, professor universitário e gestor acadêmico-administrativo.

No terceiro setor: consultor, assessor e gestor de projetos de organizações não governamentais (como Greenpeace, MédecinsSansFrontières, WWF, Cruz Vermelha Internacional, entre outras).

O curso de Relações Internacionais na UFG

A graduação em Relações Internacionais da UFG está localizada na Faculdade de Ciências Sociais (campus Samambaia – Goiânia) no horário preferencialmente diurno (40 estudantes por ano). O curso tem duração média de 4 anos. 

 Pode-se dividir as disciplinas do curso em três categorias:

1)     Disciplinas específicas do curso de Relações Internacionais: Introdução às Relações Internacionais; Instituições Internacionais; Teoria das Relações Internacionais; Política Internacional Contemporânea; História das Relações Internacionais; Economia Política Internacional; Análise de Política Externa; Política Externa Brasileira; Segurança Internacional, dentre outras.

2)    Disciplinas de áreas correlatas: Teoria Política; Economia; Economia Brasileira; Direito Internacional Público; Cultura, Identidade e Estado-Nação; Sociologia e Relações Internacionais, dentre outras.

3) Disciplinas profissionalizantes: Comércio Exterior; Cooperação Internacional; Negociações Internacionais e Processos Decisórios; Relações Internacionais da América Latina; Proteção Internacional dos Direitos Humanos; Proteção Internacional do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, dentre outras.

Ademais, é oferecido um grande número de disciplinas optativas. Tais disciplinas podem ser cursadas na própria Faculdade de Ciências Sociais ou em outras unidades acadêmicas da UFG, tais como: Faculdade de História, Faculdade de Direito, Faculdade de Filosofia, Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia, Instituto de Estudos Sócio-Ambientais, dentre outras.

Entre os arquivos relacionados, abaixo, encontra-se a Resolução Consuni nº 19/2012, que dispõe sobre a criação do curso. 

Contato: relacoesinternacionaisufg@gmail.com

Fuente : FCS

Archivos Relacionados Tamaño Assinatura digital do arquivo
resolução 168 Kb e8ba9abd23e41a8e3ed38d473370b5b3
Todas las páginas Volver